Caracterização

Situada na zona oeste do concelho, na margem esquerda do rio Mondego,, Sazes do Lorvão é uma freguesia portuguesa pertencente ao Distrito de Coimbra e  concelho de Penacova, do qual dista cerca de 10 quilómetros. 
 
A própria natureza do terreno demarca os limites da Freguesia, o rio Mondego a sudeste e a serra do Buçaco a nordeste. Tal como na centúria de setecentos, a autarquia confronta, a norte, com a freguesia do Luso (concelho da Mealhada), a sul, com a de Penacova, a nascente, com a de Carvalho e, a poente, com as de Figueira de Lorvão e União das Freguesias de Souselas e Botão (Concelho de Coimbra).
 
A configuração morfológica do terreno condicionou, sobremaneira, quer a estabilidade populacional, quer a organização do espaço rural, ou não se localize entre os 125 e os 500 metros de altitude.
 
Com efeito, todas as cotas acima dos 400 metros referem-se a locais bastante rochosos, tais eram as dificuldades sentidas pelo Mosteiro em demarcar as suas propriedades na freguesia de Sazes, no seu limite com a de Carvalho: “nam se podiam medir por varas por serem muito fragosas”. (cf. Demarcação dos lugares de Contenças, Sazes, Tojal, Midões e palmazes em AUC, Inventário dos Próprios Nacionais, convento de Santa Maria de Lorvão, Tombo de Sazes, Contenças, Midões, Tojal e Palmazes).
 
Porque integra já a região denominada de “meia-serra”, Sazes do Lorvão concorre para a distribuição entre o Portugal húmido da região atlântica e o Portugal menos húmido e mais frio das regiões interiores.
 
A freguesia de Sazes do Lorvão abrange os lugares de Azevinheiro, Cácemes, Contenças, Covas, Covelo, Espinheira, Galhano, Palheiros, Palmazes, Ponte da Mata, Midões e Sazes, que é a sede da freguesia.